11 de junho de 2010

4º Passo: Time Out (Check-list de Cirurgia Segura)


Segundo estudos do Safe Surgery Saves Lives Study Group, estima-se que 234 milhões de cirurgias são realizadas anualmente em todo o mundo. Nos Estados Unidos ocorrem cerca de 3.000 erros relacionados a procedimentos ou local cirúrgico por ano. Conforme o New England Journal of Medicine uma verificação adequada antes de qualquer procedimento cirúrgico reduz cerca de 47% a mortalidade e 36% as complicações pós-operatórias.

Atualmente a implantação de check-lists na área da saúde vem aumentando de forma significativa, fazendo parte dos processos de segurança incentivados pelos sistemas de acreditação hospitalar, representando um importante papel na questão da qualidade e segurança na saúde.

Uma das ações mais representativas em relação à segurança do paciente foi a implantação do time out, este definido como pausa para verificação antes do início de um procedimento cirúrgico, semelhante ao check-list de um piloto antes de qualquer voo, ou mesmo uma verificação final realizada no local onde a cirurgia ou o procedimento invasivo está prestes a ser realizado, utilizando técnicas de comunicação ativa entre todos os participantes da equipe assistencial envolvida.

O Hospital Sírio-Libanês desde 2007 vem utilizando o protocolo universal recomendado pela agência acreditadora Joint Commission International para prevenção de cirurgias realizadas em local errado e paciente errado.

Este protocolo inclui a checagem do paciente certo (checa-se pulseira e prontuário), procedimento a ser realizado, local a ser operado (confirma-se o lado com a placa de identificação), anotações do prontuário, exames de imagem, posicionamento correto (verifica-se conforto do paciente, proteções de proeminências ósseas e áreas de compressão), antibioticoprofilaxia, alergia, materiais e equipamentos (se tudo está em sala ou já foi providenciado).

A campanha realizada junto aos profissionais de saúde vem acarretando a melhoria nos indicadores de qualidade, principalmente a demarcação da lateralidade e a realização do time out no centro cirúrgico, processo de fundamental importância para a segurança do paciente.

Texto escrito por Dr. Guinther Giroldo Badessa - anestesiologista SMA

Nenhum comentário:

Pesquisar neste blog

Ocorreu um erro neste gadget